O que é APR – Análise Preliminar de Risco

Análise Preliminar de Risco é a sigla de APR que é uma das ferramentas da Segurança do Trabalho para prevenir acidentes de trabalho.

Existem alguns ambientes de trabalho que oferecem mais riscos aos funcionários, pela função exercida. Para evitar que algum acidente ocorra e o colaborador seja lesionado, existem diversas ferramentas desenvolvidas pela segurança do trabalho que evitam tais acontecimentos. Uma dessas ferramentas é a APR, que você poderá conhecer melhor abaixo.

APR significa Análise Preliminar de Riscos e consiste em uma ferramenta que identifica possíveis riscos no local de trabalho e cria estratégias e alternativas para evita-los.

Para isso, a APR faz uma análise de cada etapa das atividades exercidas dentro de uma empresa e encontra os erros que costumam acontecer. Assim, ela pode indicar melhores maneiras de praticar determinada função e diminuir os riscos de acidentes.

APR - Análise Preliminar de Risco

Objetivos da APR

Dentre os objetivos que a APR possui para identificar os erros e combate-los, existem alguns que são os principais e que formam uma espécie de roteiro das atividades que ela exerce dentro da organização.

Os objetivos da Análise Preliminar de Riscos são:

  • Encontrar em todas as atividades exercidas o risco no local de trabalho
  • Orientar todos os colaboradores para que entendam os riscos e realmente queiram trabalhar para a prevenção
  • Desenvolver e estabelecer processos dentro da empresa que busquem mais segurança
  • Organizar e criar uma espécie de sistema para todas as tarefas que precisam ser realizadas
  • Planejamento geral, contando com cada parte do processo especificamente
  • Orientar e capacitar todos os funcionários sobre os riscos de acidentes no local
  • Prevenir todos os acidentes, sejam eles causados por falha humana ou mecânica

Leia Também: Diferença Entre Acidente e Incidente

A Análise de Prevenção de Riscos em prática

A Análise Preliminar de Risco pode ser instalada na sua empresa em processos ou setores já existentes, ou quando um novo irá ser criado. Uma das primeiras tarefas do grupo da APR dentro do local de trabalho é encontrar os possíveis riscos e descrevê-los.

Dessa forma, é possível identificar os menores e maiores riscos e descobrir quais medidas precisam ser tomadas primeiro. Nessa etapa serão identificados erros como condições inadequadas, falta de equipamentos de proteção, etc.

Depois de encontrar os riscos e criar uma ordem de quais medidas possuem mais urgência, a APR precisa colocar em prática as ações que irão evitar os acidentes. Essa é uma das etapas mais importantes, isso porque as ações precisam realmente serem válidas para que nenhum problema ocorra durante o trabalho e lesione algum colaborador.

A APR ensina o funcionário a evitar acidentes

Apesar de muitos acidentes serem causados pela tecnologia, a falha humana também possui grande parte dos erros em casos de acidente de trabalho registrados em nosso país.

Isso acontece muitas vezes, porque os processos de trabalho são feitos de qualquer jeito e acabam não sendo otimizados o suficiente para ter um bom funcionamento e oferecer a segurança que o colaborador precisa.

Os equipamentos de proteção individual – EPI aqui são de grande valia, e muitas vezes, alguns colaboradores evitam o uso por motivos fúteis.

Por isso, um dos objetivos da APR, como visto acima, é fazer com que todos os envolvidos no trabalho entendam a necessidade dos cuidados e de evitar os riscos, tanto para sua saúde, quanto para uma rotina de trabalho de qualidade.

Se a sua empresa ainda não possui ferramentas e processos que otimizam as atividades e evitam os acidentes, já está na hora de começar a pensar nisso. Um funcionário que trabalha com toda segurança, além de não causar acidentes que custam caro, produz muito mais.

Autor

Rafael Lobo

Fundador e sócio-diretor na Conceito Zen, Bombeiro Civil com aperfeiçoamento em Segurança do Trabalho, Técnico em Massoterapia e vencedor do Prêmio Reconhecimento Senac, atua desde 2008 com palestras e atividades voltadas para SIPAT e Qualidade de Vida no Trabalho.

Comentários

  1. Jader :

    Excelente material. Fácil e prático de entender.

    • Rafael Lobo :

      Olá Jader.
      Fico feliz que tenha gostado do artigo.

      Abraços,
      Rafael

  2. Alexandre :

    Gostei, parabéns belo trabalho.

    • Rafael Lobo :

      Olá Alexandre.
      Obrigado pelo prestígio.

      Abraços,
      Rafael

  3. Charles :

    Muito bom o artigo e as informações, agora sei identificar e orientar melhor sobre a maneira correta de evitar acidentes dentro de uma empresa.

    • Rafael Lobo :

      Olá Charles.

      Fico muito feliz em saber que pude contribuir de alguma forma.

      Abraços,
      Rafael

  4. Paulo Vinicios Pinheiro :

    Olá, muito bom material!

    • Rafael Lobo :

      Obrigado pelo feedback Paulo.

      Abraços,
      Rafael

  5. Marcos Sidonio :

    Boa tarde, Sr. Rafael Lobo, quero aqui enaltecer este importante trabalho e o artigo apresentado, pois de uma forma rica em detalhes e objetivo, colaborou muito para apresentação de trabalho da nossa turma Técnico em segurança no Trabalho 3° semestre no Instituto Federal do Ceará. Agradeço, pois é pessoas como senhor que contribui e merece nosso reconhecimento pelo o trabalho desenvolvido. Em nome do meu grupo de trabalho, no IFCE Campus Morada Nova agradecemos ao senhor.

    • Rafael Lobo :

      Olá Marcos.
      Que grande notícia. Fico muito feliz em saber que pude ajudar de alguma forma.

      Boa sorte a toda turma!

      Abraços,
      Rafael

  6. Gisa Andrade :

    Obrigada por esse material, pois estou atuando como estagiária de TST, em uma organização e iremos ter que aprimorar a Segurança de Trabalho dentro das área da organização que está engatinhando ainda e o melhor, que me deram essa tarefa de acompanhar, melhorar e confeccionar as APRs. Então vou precisar da ajuda de vocês que já estão na área para compartilhar as experiências e material conosco. Forte abraço.

    • Rafael Lobo :

      Olá Gisa.

      Que bom que gostou do nosso material.
      Sempre que podemos nós escrevemos artigos no site, pois temos grande prazer em poder de alguma forma ajudar os prevencionistas!

      Abraços,
      Rafael

  7. Carolina Telles :

    Olá Rafael.
    Adorei o conteúdo do material. Parabéns!

    • Rafael Lobo :

      Olá Carolina.
      Que bom que gostou do conteúdo.

      Abraços,
      Rafael

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado – Campos obrigatórios estão marcados com *

O que é APR - Análise Preliminar de Risco - Conceito Zen