História da Quick Massage

Veja em detalhes como surgiu a Quick Massage e entenda melhor a trajetória desta técnica de massagem.

A história da Quick Massage é extremamente interessante, pois esta é uma técnica relativamente nova se comparada a outras técnicas milenares de massagem e mesmo com pouco tempo de existência, cerca de um pouco mais de 30 anos, acabou se tornando se não a maior, uma das mais conhecidas técnicas de massagem pelos brasileiros.

ATENÇÃO: Se você acessou esta página procurando saber mais a respeito do serviço de Quick Massage em sua empresa, recomendamos acessar a página de ☛ Quick Massage para Empresas ☚ para conhecer nossos valores.

A Quick Massage, ou massagem rápida na sua mais fiel tradução, é muito praticada em locais de grande circulação como shoppings, aeroportos, feiras e eventos, treinamentos corporativos, eventos de comemoração, eventos de recursos humanos, entre outros, e muito procurada por aqueles que não possuem tempo disponível para receber uma massagem corporal com duração de 1 hora em média.

Como o atendimento da Quick Massage é de aproximadamente 15 minutos e não necessita de grandes espaços para sua realização e nem que as pessoas retirem as roupas durante o atendimento, esta técnica se tornou a queridinha das empresas que querem promover a qualidade de vida no trabalho e valorizar seus funcionários devido a seus diversos efeitos fisiológicos positivos.

Neste artigo, iremos abordar melhor a origem da Quick Massage e por que, justamente, esta técnica é a mais indicada para as empresas.

Origem da Quick Massage

De quais técnicas de massagem a Quick Massage é derivada?

Como já citado anteriormente, a Quick Massage é uma técnica nova, pois os primeiros relatos que temos conhecimento são datados dos anos 80. Se comparado com outras técnicas bem mais antigas, a massagem realizada na cadeira pode ser considerada muito jovem, mas com excelentes resultados em curto prazo.

A Quick Massage é derivada de 2 técnicas milenares, são elas: o Shiatsu e o Anmá.

Shiatsu: a palavra de origem japonesa Shiatsu, significa pressão com os dedos, pois Shi quer dizer dedos e Atsu quer dizer pressão. Esta técnica tem origem milenar e segue os princípios da Medicina Tradicional Chinesa e encara o indivíduo como um todo, ou seja, não atua somente nas dores e reclamações do cliente.

O Shiatsu é muito conhecido por utilizar pressão com os polegares nos pontos meridianos (canais energéticos do corpo), os mesmos utilizados na Acupuntura, porém, com agulhas ao invés das mãos.

Anmá: Esta técnica teve princípio há mais de 3000 anos na China Antiga e também segue a Medicina Tradicional Chinesa, porém, foi mais divulgada pelos japoneses. Curiosamente, a palavra Anmá é japonesa, onde An significa apertar e Ma quer dizer esfregar ou amassar.

Uma das principais características do Anmá são as manobras utilizadas por seus terapeutas. Manobras de amassamento, pressão, deslizamento e percussão são realizadas com os dedos, antebraços e mãos com o auxílio para a realização da massagem.

Nascimento da Quick Massage

A trajetória da Quick Massage teve princípio a partir de uma inovação de um terapeuta americano chamado David Palmer que uniu as técnicas de Shiatsu e Anmá e desenvolveu uma sequência de atendimentos rápidos e efetivos, com duração de 15 minutos.

A técnica de massagem na cadeira ficou muito conhecida no ano de 1984 quando David Palmer utilizou sua criação para atender os funcionários da Apple Computer, hoje uma gigante multinacional e referência em tecnologia e inovação.

Em 84, a Apple estava com diversos casos de afastamentos de funcionários em consequência de lesões causados pela pressão e carga exagerada de trabalho, com relatos de funcionários trabalhando até 90 horas por semana devido à produção do Macinstosh, que hoje é considerado o computador pessoal que revolucionou o mercado da informática.

No contrato, foi estipulado que seriam atendido cerca de 400 funcionários com a frequência de 1 vez por semana.

Logo após a experiência muito bem sucedida devido aos excelentes resultados como melhora da produtividade e menor número de afastamento devido a lesões causadas por esforços repetitivos, a Quick Massage começou a ser procurada por outras empresas que estavam à procura de proporcionar um brinde aos seus funcionários e ao mesmo tempo obtivesse retorno para a própria empresa.

A cadeira de Quick Massage

Em 1986, para dar seguimento em seu projeto, David Palmer precisava de uma cadeira portátil que oferecesse conforto a quem estivesse sentado, que suportasse o peso dos clientes e ao mesmo tempo, permitisse que o terapeuta tivesse fácil acesso as costas do cliente para a realização da massagem.

Desta parceria, surgiu a primeira cadeira de Quick Massage, feita sob encomenda, de madeira e que pesava cerca de 12kg.

Alguns anos depois, já em 1989, um aluno de Palmer, Scott Breyer, idealizou uma cadeira mais leve e com melhor anatomia. Esta nova cadeira foi desenvolvida por John Fanuzzi e dada o nome de cadeira Quicklite. A empresa responsável pela introdução no mercado foi a Golden Ratio Woodworks.

Fotos com a história da cadeira de Quick Massage

Da esquerda para direita: Foto de David Palmer, David Palmer em atendimento, Protótipo do projeto da cadeira, Cadeira de Quick Massage nos dias atuais.

O nascimento de uma técnica de sucesso

Após estes acontecimentos, a Quick Massage tomou uma proporção muito grande devido a seus benefícios e facilidade de implantação nas empresas e em qualquer ambiente.

Nos dias de hoje, há diversos profissionais que dão segmento na aplicação desta técnica e a Quick Massage já se tornou uma das atividades mais buscadas por empresas que querem proporcionar uma cortesia para seus colaboradores.

Na própria rotina da Conceito Zen, já realizamos atendimentos em SIPAT’s, em feiras comerciais, em treinamentos corporativos, em semana da saúde, dia internacional da mulher, dias comemorativos, entre outros.

Veja na prática como funciona a Quick Massage passo a passo para que você entenda todo o processo da técnica nas empresas.

Cada vez mais percebemos que as empresas brasileiras já conhecem o poder que esta técnica rápida tem: Promover bem estar, combater estresse, melhorar a produtividade, promover um momento de pausa e relaxamento, momento para reequilibrar as tensões devido à rotina, entre outros.

Se sua empresa não conta com uma atividade assim, recomendamos indicar este artigo para o responsável da área de benefícios de sua empresa.

Autor

Rafael Lobo

Fundador e sócio-diretor na Conceito Zen, Bombeiro Civil com aperfeiçoamento em Segurança do Trabalho, Técnico em Massoterapia e vencedor do Prêmio Reconhecimento Senac, atua desde 2008 com palestras e atividades voltadas para SIPAT e Qualidade de Vida no Trabalho.

Comentários

  1. Katia :

    Sou Prof° da área de bem estar e estética e gostei muito do sua publicação. Trabalho com esta técnica que auxilia em vários tratamentos e relaxa tensões. Parabéns.

    • Rafael Lobo :

      Olá Katia.
      Obrigado pelo feedback!

      Abraços,
      Rafael

  2. Sônia Siquer :

    Rafael, parabéns! A massagem bem executada. Relaxei só em assistir. Bom sinal! Como massoterapeuta, fico entusiasmada com colegas que prestam bons serviços e com capricho! A gente se sente orgulhosa da profissão qdo vê nossos pares honrando o ofício. Obrigada por compartilhar.

    abç

    Sônia

    • Rafael Lobo :

      Olá Sônia. Tudo bem?
      Com certeza estamos juntos nesta caminhada para melhorar ainda mais nossa área.

      Abraços,
      Rafael

  3. Cleber Bento :

    Parabéns pela matéria Rafael. Não conhecia a origem desta técnica de massagem. Sempre vemos em empresas, mas nunca havia lido sobre como tudo começou.

    • Rafael Lobo :

      Olá Cleber. Realmente, não é comum acharmos informações sobre as origens das massagens, principalmente, porque muitas são milenares. Já a Quick Massage é bem nova se comparada às outras. Obrigado por prestigiar nosso site.

      Abraços,
      Rafael

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado – Campos obrigatórios estão marcados com *

História da Quick Massage - Conceito Zen