Diferença Entre Ansiedade e Ataque de Pânico

Mesmo sabendo que é quase impossível não sentirmos ansidedade é muito importante entendermos a diferença entre ansiedade e ataque de pânico.

O Brasil apresenta elevados índices de indivíduos com casos de ansiedade e ataque de pânico. A ansiedade é uma ligação normal do ser humano, que surge quando se sente ameaçado por algo que ainda vai acontecer.

E o excesso desse sentimento é capaz de desenvolver o ataque de pânico, que pode ocorrer de forma espontânea e vem acompanhado pela perda visual, suor frio, dificuldade em respirar, entre outros sintomas.

Assim, se você quer saber mais sobre as diferenças entre ansiedade e ataque de pânico e divulgá-los em sua empresa, leia atentamente nosso artigo.

Homem com sintomas de ansiedade e ataque de pânico

Qual a diferença entre ansiedade e ataque de pânico?

Antes de listarmos as principais diferenças entre ansiedade e ataque de pânico, vamos verificar exatamente cada uma delas:

Ansiedade: A ansiedade normalmente é causada diante um momento difícil da vida, sendo uma resposta natural a certas situações.

Alguns dos principais sintomas da ansiedade:

  • Inquietação;
  • Dificuldade de concentração;
  • Facilidade em irritar;
  • Tensão muscular;
  • Problemas de sono;
  • Dificuldade em controlar as preocupações

Ataque de pânico: O ataque de pânico é causado pelo medo intenso que causa reações físicas, quando há um perigo, por exemplo.

Os principais sintomas do ataque de pânico são:

  • Sensação de perigo ou ameaça;
  • Medo da morte;
  • Aumento cardíaco;
  • Tremedeira;
  • Falta de respiração;
  • Aperto na garganta;
  • Náusea;
  • Dor no peito;
  • Diarreia;
  • Dor de cabeça;
  • Dor no peito;
  • Tontura;
  • Fraqueza;
  • Sensação de formigamento.

Esses sintomas normalmente acontecem de repente e sem qualquer aviso, duram de 5 a 15 minutos em alguns casos, as pessoas se sentem ameaçadas e desesperadas tentando sair da dificuldade que se encontram naquele momento.

Elas acontecem em situações que você menos espera, em meio de reunião de trabalho, no shopping, dirigindo e até mesmo quando você está dormindo.

Uma rotina com muito estresse e ansiedade pode desencadear estes ataques.

Fatores de risco da ansiedade e ataque de pânico

A ansiedade e ataque de pânico normalmente aparece no final da adolescência chegando até a fase adulta, podendo ocorrer também depois dos 30 anos. Além disso, ela é mais comum em mulheres do que homens.

Normalmente, esses distúrbios emocionais se desencadeiam devido a situações de estresse, morte de pessoas próximas, mudanças radicais, experiência traumática, entre outros.

É muito comum também, manifestar essas doenças em quem já possui algum histórico familiar.

Quais os tratamento para ansiedade e ataque de pânico?

Buscar o tratamento para ansiedade e ataque de pânico é muito importante para garantir uma boa saúde e bem-estar, além de reduzir o número de crises.

A principal forma de tratamento para ansiedade e ataque de pânico é feito através de psicoterapia e medicamentos, porém o tratamento vai depender da gravidade, preferência e histórico do paciente.

A psicoterapia é a opção mais utilizada, pois ela irá ajudar o indivíduo a lidar com os ataques e ter uma vida normal. Já os medicamentos apenas são constituídos por inibidores de ataques e antidepressivos.

Além disso, é recomendado que as pessoas incluam em seu tratamento para ansiedade e pânico algumas medidas naturais, como aula de dança, yoga, etc., pois são formas de se relaxar e obter uma vida mais saudável.

O trabalho desenvolvido pela Conceito Zen

Desde 2010 a Conceito Zen realiza atividades de conscientização e bem estar nas empresas paulistas e um dos temas de nosso portfólio é uma palestra sobre Saúde Mental em empresas e você pode verificar o conteúdo desta palestra clicando aqui.

Esta palestra é uma excelente forma de gerar conscientização para os funcionários de sua empresa e também estimula a comunicação com seus familiares e amigos sobre este assunto que para muitos ainda é um tabu.

Autor

Iara Pereira

Psicóloga pós graduada em Gestão de Negócios com formação em Personal & Professional Coaching. Sócia-diretora da Conceito Zen, com mais de dez anos de experiência em Treinamentos e Recursos Humanos, atuou em grandes empresas como TNG, Grupo Mapfre Seguros, Bunge Alimentos e Saint-Gobain do Brasil.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado – Campos obrigatórios estão marcados com *