Como Identificar Sinais de Depressão

Identificar os sinais de depressão é o primeiro passo para uma autoanálise ou então poder ajudar uma pessoa próxima.

A depressão é uma doença que vem afetando toda a população. Com número crescente de casos, ela apresenta sintomas psicológicos e físicos. No entanto, muitas vezes esses sinais são confundidos com outras patologias, ou até mesmo reduzidos a simples problemas do dia a dia.

É muito comum atenuar os sinais da depressão, categorizando-a apenas como uma tristeza passageira. Isso pode ser muito perigoso, tornando o diagnóstico da doença mais tardio, dando espaço para que ela se desenvolva.

É importante ressaltar que a doença é crônica, onde ocorrem diversas alterações químicas no cérebro, como a queda nos níveis de serotonina, noradrenalina e dopamina – os neurotransmissores do prazer e do bem-estar.

Mulher com sinais de depressão

Quais são os principais sinais da depressão?

Diagnosticar o início da depressão pode ser um desafio, principalmente sem acompanhamento médico. Os sintomas, muitas vezes, são comuns no nosso dia a dia, principalmente nas pessoas com níveis muito altos de estresse.

E enquanto os sinais vão sendo ignorados, o quadro vai se tornando mais grave. Por isso, é preciso estar atento, tanto ao seus próprios sintomas quanto aos das pessoas ao seu redor. Um quadro de depressão normalmente se caracteriza pela presença de dois ou mais sintomas listados abaixo:

  • Apatia;
  • Falta de motivação;
  • Angústia e ansiedade;
  • Raciocínio lento;
  • Falta de motivação;
  • Dificuldade em se concentrar;
  • Indecisão e insegurança;
  • Insônia;
  • Irritabilidade;
  • Má digestão e azia;
  • Tensão na área da nuca e dos ombros;
  • Dores de cabeça e no corpo;
  • Imunidade baixa.

Caso esses sinais estejam presentes em um período maior do que 2 semanas, é muito importante procurar ajuda médica. Apenas um diagnóstico médico irá encaminhar o tratamento correto.

Quais são as principais causas da depressão?

A doença não tem causa específica, e por isso a conscientização é muito importante. Atente-se aos sinais, porque qualquer pessoa pode desenvolver quadros de depressão ao longo da vida.

Alguns fatores de risco são considerados, assim como certos aspectos ambientais e psicológicos. O estresse excessivo também pode levar à depressão.

Outros gatilhos como abuso, certas medicações, conflitos, luto, histórico familiar e uso de substâncias são facilitadores da depressão, tornando a pessoa mais vulnerável às alterações químicas no cérebro que a patologia provoca.

O diagnóstico

É claro que, em certas etapas da vida, iremos experienciar momentos de tristeza, estresse e aborrecimento. Isso é normal para qualquer pessoa saudável. No entanto, para quem sofre com a depressão, esses sintomas são contínuos, aparecendo constantemente durante anos. E também afetando relacionamentos trabalho e a rotina do indivíduo com o quadro.

Buscar ajuda profissional impede que a depressão se agrave, tornando a vida do paciente melhor, pouco a pouco. Se você ou alguma pessoa ao seu redor estiver com suas rotinas diárias sendo afetadas pelos sinais da depressão, procure um médico o mais rápido possível.

Leia Também: Como Encarar a Depressão no Trabalho

Quando um quadro da doença não é tratado corretamente, os sintomas podem impedir o indivíduo de viver normalmente, levando-o até ao suicídio.

Ao procurar um médico, descreva cuidadosamente os seus sintomas, além da gravidade e duração deles. Lembre-se de detalhar momentos da sua vida que podem ser a chave do problema.

O trabalho que a Conceito Zen desenvolve

A depressão pode ser o mal do século, mas a conscientização de seus sinais e sintomas pode reduzir os números crescentes da doença. Fique atento, e não tenha medo de procurar ajuda.

Desde 2010 a Conceito Zen desenvolve um trabalho de conscientização e orientação nas empresas paulistas com as palestras interativas sobre saúde mental onde abordamos os principais sintomas de ansiedade e depressão para que cada indivíduo possa fazer uma autoanálise e procurar ajuda médica ou então poder ajudar uma pessoa próxima.

Autor

Iara Pereira

Psicóloga pós graduada em Gestão de Negócios com formação em Personal & Professional Coaching. Sócia-diretora da Conceito Zen, com mais de dez anos de experiência em Treinamentos e Recursos Humanos, atuou em grandes empresas como TNG, Grupo Mapfre Seguros, Bunge Alimentos e Saint-Gobain do Brasil.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado – Campos obrigatórios estão marcados com *

Como Identificar Sinais de Depressão - Conceito Zen