Como Encarar a Depressão no Trabalho

Por estar cada vez mais presente na vida dos brasileiros é importante saber como lidar com a depressão no ambiente de trabalho.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a depressão alcançará o segundo lugar entre as principais causas de incapacidade laboral no mundo. Ao redor do globo, cerca de 121 milhões de pessoas sofrem com a doença. Dentro desse número, são 17 milhões de pacientes só no Brasil.

A depressão toma conta da vida do indivíduo. E é claro que não permanece apenas em sua vida pessoal: prejudica também a sua capacidade de trabalho. O raciocínio fica mais lento, a concentração fica mais difícil e, às vezes, a pessoa não consegue nem sair da cama.

O trabalho pode não ser a causa do quadro, mas pode contribuir com os outros motivos que o desencadeia, como fatores biológicos, genéticos e psicossociais. O trabalho, então, vai participar no início ou no agravamento da doença.

Mulher com depressão no trabalho

Contar ou não contar?

Comunicar o quadro aos superiores pode não ser uma tarefa fácil. Dependendo do perfil da empresa, dos chefes ou da diretoria, haverá ou não uma maior compreensão e estímulos para o tratamento correto.

Ainda existem pessoas que têm preconceito com transtornos mentais. A depressão, por vezes, pode ser um tabu. E ainda há o risco de ser tratada como preguiça o fraqueza.

Por isso, cabe ao paciente decidir. Quando há necessidade de afastamento ou cobertura de custos do plano de saúde, essas informações podem chegar aos ouvidos da chefia. Mas lembre-se: enquanto o tratamento estiver acontecendo, por lei, o funcionário não pode ser demitido.

Como lidar com a depressão durante o trabalho?

A doença certamente afetará a produtividade do paciente. E a cobrança e a pressão impostas podem agravar o quadro. Por isso, é preciso ter calma e organizar as tarefas para facilitá-las e manter o desempenho. Veja algumas dicas:

  • Divida o trabalho em tarefas e faça intervalos entre elas: dar um passo de cada vez pode contribuir na hora de realizar um trabalho complexo. Às vezes, a sua dimensão pode parecer assustadora. Quando dividido em pequenos trabalhos simples, a tarefa se cumpre de forma tranquila;
  • Recompense-se a cada passo dado: saiba reconhecer o seu sucesso nas pequenas vitórias do dia;
  • Priorize a sua saúde: não deixe que o seu bem estar esteja em segundo plano. Mesmo nos dias mais ocupados, lembre-se de fazer pausas e distrair a mente. Aprenda a reconhecer seus sintomas e como lidar com eles, caso apareçam no meio do expediente;
  • Não se cobre demais: reconheça seus progressos e limitações. Os problemas acontecem em qualquer emprego, por isso tente focar nos aspectos positivos e nas razões que o fizeram começar;
  • Defina metas: priorize o que é preciso e organize bem a sua agenda pessoal. Assuma apenas os compromissos com prazos possíveis, para evitar estresse;
  • Peça ajuda: contar ou não para os seus empregadores é decisão sua. Mas contar com a ajuda de colegas ou amigos pode ser muito bom. Não tenha vergonha de conversar sobre a depressão.

Por mais que a depressão ainda seja um tabu, os colegas e supervisores devem ser compreensivos e estimular o tratamento com um profissional especializado. Com paciência, dentro de alguns meses, o funcionário poderá retornar com a capacidade renovada. A depressão, quando tratada corretamente, pode devolver ao indivíduo o controle de sua vida.

Como a Conceito Zen pode ajudar

Desde 2010 a Conceito Zen se tornou uma empresa especializada em palestras que possuem uma metodologia prática onde nossos palestrantes que são formados na área da saúde conseguem levar informação e orientação de uma forma muito mais dinâmica e interativa.

Uma de nossas palestras é sobre o tema de Saúde Mental onde abordamos sobre ansiedade e depressão e conseguimos de uma forma muito dinâmica falar sobre este tema sensível dentro das empresas e trabalhar na conscientização destes assuntos.

Se você percebeu que sua empresa também precisa falar deste assunto, entre em contato conosco que com certeza conseguiremos ajudar os colaboradores a identificarem estes sintomas e trabalharem em cima para conseguir uma vida muito mais saudável e com qualidade de vida.

Autor

Iara Pereira

Psicóloga pós graduada em Gestão de Negócios com formação em Personal & Professional Coaching. Sócia-diretora da Conceito Zen, com mais de dez anos de experiência em Treinamentos e Recursos Humanos, atuou em grandes empresas como TNG, Grupo Mapfre Seguros, Bunge Alimentos e Saint-Gobain do Brasil.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado – Campos obrigatórios estão marcados com *