Direção Defensiva nas Empresas

Debater o assunto direção defensiva para os colaboradores de sua empresa pode proporcionar menor risco de acidentes e afastamentos, além de proporcionar um trânsito mais seguro.

O que é direção defensiva? Dirigir defensivamente é dirigir para si e para os outros. É estar atento no transito com relações a condições adversas, sejam elas proporcionadas por pedestres ou por outros veículos no caso de motoristas imprudentes. Para isso é fundamental o conhecimento das leis de trânsito, e também ter pleno domínio do próprio veículo.

A direção defensiva tem como finalidade minimizar as condições favoráveis para que se ocorra algum acidentes, e também as melhores tomadas de decisão em relação a uma situação dessas. Também é necessário que o condutor seja atento, cauteloso, e acima de tudo capacitado.

Pelos motivos acima, muitas empresas têm investido em campanhas como o Maio Amarelo com o foco na orientação à seus funcionários para um trânsito mais seguro, mesmo motoristas de frotas, mas também para motoristas não profissionais.

Direção Defensiva nas Empresas

Qual a importância das palestras de direção defensiva nas empresas?

Priorizar que os motoristas da frota adotem uma postura defensiva, evita que os mesmos se envolvam em acidentes, o que causa danos aos veículos da frota, bem como multas, indenizações e até mesmo vítimas. Também evita responder a ações judiciais, já que a pessoa jurídica por trás do motorista é responsável por ele.

Implementar a direção defensiva para colaboradores que não pilotam para a empresa também é importante, pois faz com que eles, mais atentos ao trânsito, se envolvam menos em acidentes, causando assim menos afastamentos. Isso mostra também a preocupação da empresa com relação a saúde e ao bem-estar dos funcionários.

Qual o objetivo da palestra de direção defensiva?

Palestras de direção defensiva visam capacitar o condutor intelectualmente, com relação ás leis de trânsito, análise de situações e tomada de decisões, bem como conhecimentos do meio ambiente, e também com habilidades, pois muitos acidentes ocorrem pela falta de aprimoramento técnico dos motoristas.

Além disso uma palestra também aborda assuntos como o relacionamento interpessoal no trânsito, assim o condutor consegue refletir sobre a sua responsabilidade na prevenção de acidentes e combater a imprudência, que é uma das maiores causas de acidentes.

Principais condições adversas que causam acidentes

Condições adversas são aquelas que podem aumentar, e muito, o risco de acidente. Muitas vezes o condutor se envolve em algumas situações que poderiam facilmente ser evitadas, adotando uma postura defensiva. Algumas dessas condições são:

  • Estado da pista, se ela está molhada, esburacada, suja ou mesmo mal sinalizada, com barreiras, sem acostamento, etc.
  • Condições climáticas como chuva forte, neblina, vento forte, granizo, sol.
  • O próprio trânsito, se está intenso, com desvios, meia pista, acidentes, veículos lentos.

Para todas essas condições o motorista defensivo deve se precaver, bem como planejar suas ações, principalmente para que não se exponha.

Como se precaver das principais condições?

Se tratando do trânsito toda atenção é pouca, e o motorista deve sempre se manter calmo e paciente. Dirigir com segurança e evitar causar mais situações de estresse também é importante, como por exemplo, ficar buzinando para o veículo mais lento ou em um engarrafamento.

É sabido que muito dos problemas são causado pela falta de paciência e de educação dos motoristas. Lembre-se sempre que a melhor arma no trânsito sempre serão a paciência, a calma, e a educação.

Autor

Rafael Lobo

Fundador e sócio-diretor na Conceito Zen, Bombeiro Civil com aperfeiçoamento em Segurança do Trabalho, Técnico em Massoterapia e vencedor do Prêmio Reconhecimento Senac, atua desde 2008 com palestras e atividades voltadas para SIPAT e Qualidade de Vida no Trabalho.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado – Campos obrigatórios estão marcados com *

Direção Defensiva nas Empresas - Conceito Zen